Como fazer a sua gestão de bens patrimoniais?

Como fazer a sua gestão de bens patrimoniais?

Compartilhe esse post

É um fato, a maioria das pessoas e das empresas não realiza uma boa gestão de bens patrimoniais.

No entanto, essa é uma atividade fundamental para indivíduos que possuem um patrimônio considerável, assim como para empresas que desejam controlar melhor os seus estoques, insumos e equipamentos que estão nos processos produtivos.

Com uma boa gestão patrimonial, é possível garantir o uso mais eficiente dos recursos, além de criar padrões de uso e promover maior durabilidade dos mesmos.

É com isso em mente que criamos este conteúdo exclusivo para que você entenda de uma vez por todas como fazer a sua gestão de bens patrimoniais.

Confira!

O que é gestão patrimonial?

A gestão de bens patrimoniais nada mais é do que o controle e a administração de bens imobilizados que estão no nome de uma pessoa ou uma empresa. Podem ser móveis, imóveis, máquinas, equipamentos, entre outros.

Nesse sentido, é preciso compreender que os bens, direitos e passivos também entram nessa conta. No entanto, é preciso compreender que os bens intangíveis também fazem parte da gestão patrimonial.

Para uma empresa, é a sua marca, suas patentes, seus direitos autorais e tudo o que esteja em sua posse. Mas afinal, como fazer uma gestão eficiente?

Antes de tudo, é preciso entender o conceito de ativo imobilizado. Ele é o que faz a sua empresa funcionar ao longo dos anos, como máquinas, mesas de escritório, computadores, entre outros. Nessa conta, não entram insumos ou produtos usados no dia a dia uma única vez.

Comece pelo Inventário

O inventário é o primeiro passo para a gestão patrimonial. Afinal, é preciso catalogar todos os bens da empresa antes de qualquer outra coisa.

Essa etapa será a mais trabalhosa, principalmente para quem nunca pensou nessa área. Será necessário mobilizar uma equipe para fazer o registro fotográfico dos itens, a descrição completa e a sua localização na empresa.

Avalie cada um dos bens

Após ter todos catalogados, será necessário avaliar cada um deles de maneira individual, de modo realista.

Isso significa analisar as condições de uso, as características do bem, a sua vida útil e o valor considerado justo caso você fosse vendê-lo hoje, além do valor que terá quando a sua vida útil expirar.

Compare o inventário com os registros

Em tese, todo bem que está no nome da sua empresa deve ter uma nota fiscal lançada no seu sistema de gestão e armazenada para fins contábeis. Porém, sabemos que essa não é a realidade na maior parte das vezes. Então, será necessário comparar esse inventário com os seus registros para gerar três relatórios:

  1. Bens conciliados, que no inventário estão iguais aos seus registros;
  2. Sobras contábeis, quando tem mais itens nos registros do que na realidade;
  3. Sobras físicas, quando há mais itens na realidade do que nos registros.

Com esses relatórios, então, você terá uma real noção dos seus bens.

Gostou deste conteúdo? Nós podemos ajudá-lo a elaborar e implementar uma gestão de bens patrimoniais eficiente e assertiva para a sua empresa. Solicite uma proposta agora mesmo para o nosso time de especialistas na área.

Compartilhe esse post

Explore mais

Como a falta de gestão patrimonial impacta sua empresa?
Controle Patrimonial

Como a falta de gestão patrimonial impacta sua empresa?

Home Institucional Serviços Avaliação De Bens Móveis Avaliação De Bens Imóveis Consultoria Especializada Avaliação para Seguros Serviço de Controle Patrimonial Serviço de Outsourcing Patrimonial Serviço

Você deseja melhorar a performance do seu negócio?

Nos envie uma mensagem

fale com a gente
Logo_rodapé_desktop

Rua Américo Brasiliense 1490 – Sala 05
Chácara Santo Antônio – São Paulo – SP
CEP: 04715-002
Fone: (11) 5081-5001

                    Redes sociais

plugins premium WordPress

Está interessado em algum dos nossos serviços?

Entre em contato agora mesmo!

×

Hello!

Click one of our contacts below to chat on WhatsApp

× Entre em contato