O que é o ativo imobilizado?

Ativo Imobilizado
De maneira geral, o ativo imobilizado é o conjunto de bens que uma empresa possui para manter suas atividades operantes, e de onde ela tira seus resultados econômicos. O ativo imobilizado ou ativo fixo, como também é conhecido, tratam-se dos instrumentos palpáveis que criam condições para que a organização disponibilize o seu produto ou serviço final ao mercado.

Compartilhe esse post

O conceito de ativo imobilizado está definido pela Lei 6.404/1976, em seu artigo 179, e pelo pronunciamento CPC 27 (Comitê de Pronunciamentos Contábeis). Em resumo, as normas determinam que o ativo imobilizado tenha de ser tangível, ou seja, palpável, concreto.

O ativo também tem de ter como finalidade a produção ou comercialização de mercadorias, serviços, locação ou administração. Por exemplo: uma máquina, carros, computadores, salas, o imóvel onde a empresa está instalada, móveis, ferramentas, etc.

 

Leia também! É possível melhorar a gestão do ativo imobilizado da sua empresa

 

Valor mínimo para Imobilização

Apesar de o fisco recomendar que bens menores que R$ 1,2 mil sejam lançados como despesa, é importante lembrar que existem outros custos que compõe o valor de uma aquisição ou construção.

Custos Adicionais

● Preço de compra, inclusive impostos de importação e impostos não recuperáveis sobre a compra, deduzidos de descontos comerciais e abatimentos;

● Custos relacionados à instalação e disponibilização do ativo em condições operacionais para o uso (custo da preparação do local, custo da entrega inicial ou manuseio, custo de instalação ou montagem e custo de testes para verificação de funcionamento);

● Custo para desmontar e remover o ativo e restaurar o local no qual está localizado, quando existir a obrigação futura para a entidade. Os encargos financeiros de empréstimos e financiamentos de terceiros para a construção ou montagem de bens do imobilizado, devem ser capitalizados até o momento em que o bem estiver em condições de operação.

● Preço de compra, inclusive impostos de importação e impostos não recuperáveis sobre a compra, deduzidos de descontos comerciais e abatimentos;

● Custos relacionados à instalação e disponibilização do ativo em condições operacionais para o uso (custo da preparação do local, custo da entrega inicial ou manuseio, custo de instalação ou montagem e custo de testes para verificação de funcionamento);
Custo para desmontar e remover o ativo e restaurar o local no qual está localizado, quando existir a obrigação futura para a entidade.

Vida útil

Além disso, espera-se que o ativo imobilizado seja usado por pelo menos um ano, que ele traga benefícios econômicos à empresa, que possa ter seu custo avaliado com segurança e seu valor seja maior do que R$ 1,2 mil.

Exceções

Há alguns casos que o conceito de ativo imobilizado pode gerar confusão. Imóveis e terrenos mantidos por uma entidade para obter renda, não são caracterizados como imobilizado.

Leia também! 5 benefícios para realização do controle do ativo imobilizado

Compartilhe esse post

Explore mais

Como a falta de gestão patrimonial impacta sua empresa?
Controle Patrimonial

Como a falta de gestão patrimonial impacta sua empresa?

Home Institucional Serviços Avaliação De Bens Móveis Avaliação De Bens Imóveis Consultoria Especializada Avaliação para Seguros Serviço de Controle Patrimonial Serviço de Outsourcing Patrimonial Serviço

Você deseja melhorar a performance do seu negócio?

Nos envie uma mensagem

fale com a gente
Logo_rodapé_desktop

Rua Américo Brasiliense 1490 – Sala 05
Chácara Santo Antônio – São Paulo – SP
CEP: 04715-002
Fone: (11) 5081-5001

                    Redes sociais

plugins premium WordPress

Está interessado em algum dos nossos serviços?

Entre em contato agora mesmo!

×

Hello!

Click one of our contacts below to chat on WhatsApp

× Entre em contato